experiência inconclusiva

depois de tantos anos que levo disto – vida – ainda não cheguei a uma conclusão definitiva sobre aquilo que é a posição mais correta na gestão de expetativas relativamente às pessoas que se vão cruzando comigo.

continuo sem saber se devo ter por princípio que é toda a gente boa pessoa, e ficar aborrecido apenas quando desiludem, ou ter por princípio que é toda a gente má pessoa, e rejubilar quando surpreendem pela positiva.

no primeiro caso, mais otimista, acarreta grandes desilusões. no segundo, mais pessimista, faz de mim um ser antissocial!

Advertisements

comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s