não fui eu que disse, mas corroboro

o álvaro de campos, para um tipo imaginário, até dizia umas coisas acertadas!

“ora porra!
então a imprensa portuguesa é que é a imprensa portuguesa?
então é esta merda que temos que beber com os olhos?
filhos da puta! não, que nem há puta que os parisse.”

e não, não peço desculpa pela linguagem – ainda que não seja minha! sou um tipo erudito! e os tipos eruditos não praguejam nem são mal criados, limitam-se a ser bons relatores de factos. basicamente, tudo lhes é permitido e até admirado.

Advertisements

comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s