mas vejo…

o cinema francês é de tal maneira cru, relator fiel das coisas mais mundanas desta vida e, talvez por isso, extremamente perturbador e absolutamente desarmante de reação. fica-se ali colado ao ecrã a ver cenas vulgaríssimas e a ouvir diálogos banalíssimos, chega a ser irritante.

e o filme “le passé“, não foge à regra…

Advertisements

comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s