se calhar sou um tanso

sou incapaz de pagar na mesma moeda a alguém que me faça mal (ou menos bem). se tenho como princípio não ser vingativo nem fazer mal ao próximo, é isso que faço em qualquer circunstância. limito-me a um certo desprezo.

mas, às vezes, não tenho a certeza se esta prática é motivo para orgulho ou para vergonha…


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s