irritações

irritam-me os condutores que acampam na via do centro da autoestrada! não dá para perceber o que vai naquelas cabeças! percebo uma distração ou outra, um descuido momentâneo. a mim também me acontece, admito.

mas fazer km’s e km’s sempre alapados na via do centro, de forma consciente, é incompreensível! obrigam aqueles que tentam cumprir com o código, e a ter boas práticas na estrada, a viajar da via mais à direita até à via mais à esquerda, para ultrapassar suas excelências. há quem os ultrapasse pela direita, mas eu recuso-me a fazer isso, é pior a emenda que o soneto.

talvez se achem especiais, e, por isso, se achem no direito de reservar uma via só para eles! talvez pensem que a via da direita é exclusiva para os pobres, essa praga. que horror!

“eu viajo sempre na via do centro!” deve ser uma expressão demonstrativa de status. e eu que não sabia disso! já a teria usado par me fazer sobressair socialmente. mesmo que tenha uma tendência natural para ir à via da direita com regularidade. mas isso ninguém saberia.

é que, suas excelências, obrigam os outros a ter que fazer manobras perigosas! nos dias de menor intolerância até faço questão de lhes fazer umas tangências intimidadoras, como que a empurrá-los para a direita. prática minha de há uns anos, com a curiosidade de, recentemente, ter visto uma brigada de trânsito fazer exatamente o mesmo.

parece a tendência natural dos tugas, tanto na estrada como na politica, sentem-se mais confortáveis no centro.


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s