moralidades (ocas?)

sinto-me bem com esta minha posição de imunidade/neutralidade relativamente às compras compulsivas nesta altura do ano. satisfaz-me particularmente andar a fazer as minhas compras normais, para satisfação das necessidades normais, que por sinal são equivalentes ao resto do ano, e ver multidões de pessoas atarefadas a comprar tudo o que mexe e o que não mexe, só porque uma qualquer convenção social instituída dita este tipo de comportamento.

dá-me prazer constatar, ou pelo menos pensar que assim é, que sou imune a este tipo de comportamento acéfalo. quero acreditar que estou focado e importado com aquilo que é essencial na vida. e o consumismo pelo consumismo, só porque a sociedade na sua generalidade o faz, não é, de todo, a essência da vida. e eu nem sequer acredito no pai natal! e acho que nunca acreditei.

(moralidade que, ainda assim, não foi suficiente para ajudar, mesmo há instantes atrás, um senhor na rua que pedia por uma chamada para o inem. depois de uma pequena conversa para fazer diagnóstico da situação desconfiei da veracidade da necessidade do pedido…)

Advertisements

comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s