e é isto

andamos (eu ando!) de tal forma preocupados e absorvidos, de situação de urgência em situação de urgência, que nos esquecemos (eu esqueço! ou não tenho capacidade de abstração) daquilo que realmente é importante, e por inerência, realmente urgente – viver o lado bom da vida.

Advertisements

comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s