visão pragmática

passada a epidemia das prendas, chega a epidemia das sínteses em perspetiva do ano que acaba, desejos e resoluções para o novo ano. como se não pudesse-mos fazer estes exercícios em qualquer outra altura do ano!

parece que, das 24 horas do dia 31 de dezembro para as zero horas do dia 1 de janeiro, há um reset total às nossas vidas.

que seres esquisitos que nós somos…


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s