e a vida segue…

há pessoas assim, com quem temos o prazer de conviver profissionalmente. podem não ser dotados de inteligência e sofisticação de raciocínio e conhecimento excecionais, mas são humildes o suficiente para perceberem isso e agirem em conformidade. são emocionalmente inteligentes e, por isso, sabem estar no seu lugar. sabem respeitar dando-se, naturalmente, ao respeito, sem imposições idiotas. capazes de se sacrificar pelo todo em detrimento do eu.

quando esta relação termina, porque as vontades estão em constante evolução, existe a ambição de novos desafios, absolutamente legitima, e há oportunidades que surgem no horizonte (ainda bem que assim é), percebe-se o quanto valorizamos aquela pessoa. porque ficamos amarrados momentaneamente a um certo saudosismo. porque a voz chega a ficar embargada… mesmo sem falar. estranho!

e, para mim, fica, mais uma vez, uma evidência absoluta: valorizo imenso pessoas simples, humildes, sem maldade e sempre disponíveis para ajudar o próximo sem esperar qualquer moeda de troca. se os opostos se atraem, eu não sou nada disto…  e isso assusta-me.

aqui de longe, e por via eletrónica, ficaram os votos de felicidades e aquele abraço.

é assim, há pessoas que nos dizem mais que outras. e a vida segue…


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s