recordar é viver?

curioso tal foi o prazer saudoso com que vi o documentário sobre ayrton senna. primeiro porque não era conhecedor de alguns factos interessantes da carreira dele. não tinha a noção de ser um ser humano tão determinado, nem de ser uma pessoa que aparentava uma personalidade serena,  ser honesto e integro.

na verdade, sabia muito pouco acerca de ayrton senna. apenas que era um campeão e que ímola foi a sua pista fatídica.

aquilo que apenas me recordava de senna, foi a comoção que a sua partida causou. recordo ter acompanhado as cerimónias fúnebres em frente ao governo civil da minha terra enquanto participava, pela primeira e penúltima vez, numa manifestação. decorria o ano de 1994 e a comunidade estudantil revoltou-se perante a obrigatoriedade de fazer provas globais. e eu, sem saber muito bem o que protestava, lá fui na onda do protesto.

recordações. e com algum saudosismo…


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s