vergonha, tristeza e revolta

só um dia destes percebi a essência do meu comportamento, que é de baixar os olhos em direção ao chão, quando cruzo com uma pessoa vitima de um infortúnio da vida.

é de alguma pena, não o sentimento de menosprezo, confesso. mas é sobretudo de vergonha, de tristeza e de revolta. vergonha por fazer parte de um mundo que permite tamanha injustiça. tristeza pela dor causada aquele ser humano, familiares e amigos. e revolta pela injustiça causada pela discriminação negativa que o universo permite, pela concentração de tanto sofrimento e dificuldade numa única pessoa, um ser humano com sentimentos como todos os outros.

não compreendo, nem aceito, estas condições impostas pelo cosmos!


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s