na sequência do anterior

não gosto de ter motivos para detestar uma pessoa. se por um lado não quero gastar energia com coisas negativas, por outro, sinto-me na obrigação de detestar e mostrar indiferença para não ser tido como um anjinho ingénuo.


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s