processos

ainda a exorcizar um conjunto de acontecimentos…

acho de uma nível baixíssimo aquela postura tão típica de falar mal dos outros só para fazer sobressair o próprio eu. se ou menos tivessem noção dos disparates que dizem, com uma convicção tal que conseguem convencer uma série de tontos (também eles a acharam-se a uma espécie em vias de extinção pela (in)genialidade fora de série).

esta gente tem um comportamento de beata. sempre com (falsos) moralismos, mas quando o alvo da critica são eles, vitaminizam-se de tal forma que chega a dar dó tal é o  cumulo do ridículo a que se predispõem.

e não, eu não estou a criticar uma postura e a agir precisamente dessa forma. não falo mal de terceiros a pessoas ávidas de ouvir maledicências (maioritariamente das vezes pelas costas, e outras vezes de forma frontal, mas à frente de determinadas pessoas com o intuito de sobressair… minimizando). é verdade, faço o meu processo de exorcização aqui, mas sem nomes, sem situações concretas. além do mais ninguém lê isto.


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s