era uma vez um dia

há dias assim. sai-se às 7h30 de casa com um plano de trabalhos no horizonte do dia, embora já prevendo um conjunto grande de imprevisibilidades. fazem-se 200 km’s até ao destino. no meio de uns telefonemas e uns e-mails, toma-se o 2º café do dia. dá-se inicio aos trabalhos e… pumba! apanha-se com uma reação intempestiva pelo cabedal abaixo. apela-se ao bom senso, domina-se a fera e siga a dança, plano de trabalhos a longo prazo traçado. enquanto se espera, telefone para cá, e-mail para lá, uma trabalheira para os satélites. só à minha conta. almoça-se, surpreendente bem (eu e a gastronomia alentejana não fazemos farinha). de regresso ao trabalho e, acaba-se a fazer um conjunto de coisas completamente fora do plano. e das minhas funções. tudo em prol de uma causa. que também é uma entidade. mais crispação, mais amenização. volta-se ao plano inicial dos trabalhos. interrompe-se o plano inicial. mais uma reunião para discutir algo que não era competência minha nem estava nos meus planos. percebe-se o desnorte das partes envolvidas, agarra-se nas rédeas da situação e vai-se inquirindo, explicando, advertindo, sistematizando, apaziguando. as partes estão agora esclarecidas. e satisfeitas. bacalhau (que por sinal foi parte integrante da ementa do almoço) e até um dia destes. mais 200 km’s de regresso a casa. mais telefone para cá e para lá. ele é pontos de situação, prestação de contas, estratégias, alertas (esta coisa de fazer do carro o escritório enquanto se conduz cansa-me para lá do normal. é que eu e o acelerador temos uma relação de proximidade de grau elevado, e são horas nisto). são 21h30 e estou a entrar em casa. exaustíssimo. passam exatamente 7h30 desde a última vez que comi ou bebi alguma coisa. e, fome, nem vê-la. não sei se estou cheio, por estar cheio disto tudo, se estou empertigado pelo ego de ter imposto a minha lei. um post aqui e uns minutos de descanso. depois, depois ainda há montes de tarefas pendentes. um dia a alma vai pagar por isto tudo. o corpo já paga. a entidade nem por isso.


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s