a traição da mente

a mente humana é tramada! hoje foi um dia para lá de sofrido por um erro (supostamente) meu. porque, se há coisa que me faz sofrer são os meus erros. sobretudo erros que tenham consequências para terceiros.

depois de muito me martirizar, auto castigar, pensar e repensar de como foi possível enganar-me numa coisa que eu sei fazer bem, porque a ação já tem algum tempo e a memória não abunda, e já depois de descomprimir, começou a gerar-se uma ideia na minha cabeça, que ganhou sustentabilidade com um ou outro comportamento suspeito: e se o erro não foi meu, mas para justificar um erro de outrem, foi-se por trás fazer alterações ao que eu fiz e que justificam perfeitamente o erro?!

a mente é traiçoeira. primeiro, porque já não tenho a certeza convicta do que fiz, o que leva à dúvida. depois, porque posso estar a criar uma ideia completamente falsa e fui mesmo eu a enganar-me.

e agora acredito em quê?!


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s