saudade

havia imenso tempo que não conseguia fazer uma coisa tão simples e que tão bem me faz. escolher um filme aleatoriamente e ver do principio ao fim. conseguir rir, com vontade genuína e, fugindo à minha típica indiferença sentimental, fazer-me sentir, apenas sentir. mas sobretudo libertando-me da tensão do dia.

tinha saudades de momentos assim. simples, de tão simples que quase são simplórios, mas tão cheios de significado.


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s