sustentabilidade

o quanto eu gosto desta minha frieza (relativa) e pragmatismo reforçado. nada de me deixar levar com hipóteses prometedoras, palavras encorajadoras sustentadas em objetivos pífios. gosto de ver para crer. e, mesmo depois de ver, e crer, continuar a achar que nada é garantido. digam o que disserem.


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s