quem pode, pode

eu não sou nada de acreditar em cenas do sobrenatural. mas há coisas que me deixam para lá de desconfiado, mas sobretudo irritado. petrificado de tanta ira!

basta que pise o risco, de forma muito ténue, desviando-me um pouco da rigidez que a vida me impõe, e já estou a ser castigado. é matemático. há a causa e o efeito imediato.

ainda se cometesse algum crime, injustiça, quebra de algum código deontológico, algo moralmente reprovável ou semelhante! mas não, apenas e só um desvio à rigidez imposta, já por si penalizadora, e já fui!

se isto não é revoltante, o que será?!


comentários existenciais

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s